15 junho 2011

Um Pouco de Poesia


“Você estão cismados com esses supostos oitenta anos. Isso é coisa de calendário. A vida recomeça todos os dias, de zero. Se você não quer fazer mais nada, a vida acaba, porque ela, na verdade, é inventada por nós, todos os dias.”
“O que importa mesmo é o poema, a obra literária, que é capaz de tocar as pessoas, iluminá-las, fazê-las gostar mais da vida. O homem inventou a poesia porque a vida não basta.”
“A poesia existe desde sempre, antes mesmo do homem inventar a escrita. Ela é um dos instrumentos de que ele dispõe para se inventar como ser humano e tornar a vida mais rica, mais bela.”

Ferreira Gullar, no bate-papo UOL, por ocasião de seus oitenta anos

Nenhum comentário: