12 maio 2011

A Sangue Frio - Desafio Literário 2011



Existe uma farsa pequeno burguesa que pretende que o jornalismo seja imparcial. O que é ótimo na teoria, mas pouco factível. Há pressões externas - o meio que o jornalista se encontra, para quem trabalha, as questões econômicas e políticas envolvidas. Há pressões, digamos, internas - a própria pessoa do jornalista, seu repertório de vida, sua visão de mundo. Acho o gonzo muito mais honesto - embora, claro, não praticável ad exausti (não, não sei se essa expressão existe, mas se não existir acabei de criar).

No entanto Truman Capote, autor de "A Sangue Frio", consegue no seu texto um nível de imparcialidade jornalística realmente impressionante. O livro nos conta o assassinato quase gratuito de uma família na cidadezinha de Holcomb, no Kansas. A história nos apresenta às quatro vítimas e segue a narrativa acompanhando tanto os assassinos quanto os responsáveis pelas investigações.

A maior qualidade no livro, no entanto, é seu puro esmero literário. O primeiro parágrafo é surpreendente, belo, bem escrito. Totalmente inesperada a poesia do texto, bem como o cuidado com uma certa simetria artística e um ritmo muito próprio na leitura. Os personagens são bem desenvolvidos - o autor concede voz a cada um deles, e todos os comentários sobre um personagem partem de um outro personagem - o que contribui para a sensação de imparcialidade, permitindo que o leitor forme suas próprias opiniões.

Avaliação: Definitivamente um copo cheio! (embora não consiga definir exatamente do que)

5 comentários:

Palavras Vagabundas disse...

Esse livro é uma reportagem extensa e é considerado o primeiro na linguagem chamada "novo jornalismo". É muito bem escrito.
abs
Jussara

Larissa, Lara, Lalá, .... disse...

Muito boa sua resenha. Nunca li nada de truman Capote mas fiquei muito interessada.

Vivi disse...

Eu quero sorver um golinho desse copo. Sua resenha motivou-me bastante.

Até mais!

Sweet-Lemmon disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sweet-Lemmon disse...

Eu li esse livro há muito tempo atrás (na mesma época em vi o filme, também mto bom).
Ótima leitura.

Até!
Thaís Gisele
@sweet_lemmon

http://umaconversasobrelivros.blogspot.com//