16 maio 2011

O que aprendi com meu padrasto

01 - Nunca jamais em tempo algum elogie alguém. Se essa pessoa fez algo certo ou bem feito, não fez mais que a obrigação dela.

02 - Sempre diga que uma pessoa é idiota quando esta lhe apresentar uma ideia. Anos depois, quando ela estiver desistindo da ideia, diga que ela é idiota por ter desistido dessa ideia.

03 - Justifique sua preguiça, incompetência e preconceitos como frutos de sua "experiência" e de seu "phd na escola da vida".

04 - Elogie-se constantemente, especialmente referindo-se a si mesmo na terceira pessoa. Não pare de fazê-lo, independente se o ouvinte é um completo estranho ou se é um parente escutando a mesma gabolice pela quarta vez em menos de duas horas.

05 - Rotineiramente formate o computador da família apagando todos os arquivos de todo mundo da casa, deixando evidente sua consideração pelos demais membros da família, essa instituição tão preciosa.

06 - Doe um tíquete alimentação por mês para algum pobre coitado e depois reclame com Deus pelas coisas não darem certo para você, mesmo você sendo tão generoso.  

07 - Crie regras estúpidas e rituais de humilhação periódicos para poder fortalecer sua posição - ou só pelo esporte mesmo.

08 - Fique amuado se você fizer qualquer coisa (como lavar um mísero prato) e uma fanfarra não tocar em seu louvor e honra.

09 - Em momentos cotidianos, como durante o jantar, conte histórias de tortura e assassinato supostamente perpetrados por você. Contribui tremendamente para um ambiente familiar saudável.

10 - Diga que você tem faro pra bandido e que enxerga malandro de longe, de preferência logo após ter levado um golpe e perdido todo o dinheiro da casa.

11 - Nunca jamais em tempo algum amadureça. Como você poderia melhorar já sendo perfeito?

Nenhum comentário: